maiores vilões contra o foco
Grupo Atitude Emocional

Grupo Atitude Emocional

Os 10 maiores vilões contra o foco e por que você cai em todos eles

Entenda quais são os 10 maiores vilões contra o foco, por quais motivos eles tiram sua concentração e como evitar que isso aconteça.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram

Os maiores vilões contra o foco estão em lugares que muitas pessoas nem imaginam. Enquanto alguns têm se tornado mais óbvios, como a presença constante das redes sociais no decorrer do dia, outros se escondem sob a máscara de organização. Entenda quais são eles e dicas para combatê-los.

10 maiores vilões contra o foco

  1. Uma grande lista de tarefas: é comum que ao tentar organizar o dia, as pessoas acabam utilizando as listas de tarefas. Existem aplicativos que funcionam apenas para isso e também dá para contar com a boa e velha agenda de papel. É uma ótima prática sim, mas pode ser perigosa se não for montada estrategicamente. Uma lista de tarefas que contempla mais atividades do que é possível, não considera brechas para descanso ou pormenores que podem levar mais horas do que o esperado, acabam gerando estresse. Por consequência, o estresse e a necessidade de esgotar a lista podem minar o seu foco. Qual a solução? Defina poucas metas, mas possíveis. Considere o que for realizado fora disso como um extra.
  1. Dizer sim para tudo: se alguém pede algum favor para você, a sua reação é parar tudo e ir ajudar? Novamente, não é algo a ser desmerecido, mas precisa, da mesma forma, ser uma ação comedida. Também não é preciso negar ajuda, mas colocá-la em sua programação e combinar para um momento que não irá atrapalhar sua produtividade. Dizer sim para tudo pode acabar tirando o foco das suas tarefas. Uma dica é combinar com os colegas de trabalho ou amigos os horários em que você estará mais disponível.
  1. Não estabelecer prioridades: a lista de tarefas pode ser enxuta, mas ainda é fundamental entender quais são as prioridades. O mesmo serve para as pequenas atividades que surgem ao longo do dia e que são urgências. Quando se tenta fazer tudo ao mesmo tempo ou não se sabe por onde começar, acaba-se não cumprindo boa parte do que se dispôs a realizar. Por isso, priorizar é uma maneira de manter o foco.

Kit de Autoconhecimento Grátis

  1. Sem dados sobre sua rotina: você está indo bem ou está perdendo o foco com muita facilidade? Algumas vezes, pode-se ter a ideia de que está tudo ok e a produtividade está a mil, mas a questão é que não ter tempo para mais nada ou esgotar as horas do seu dia com atividades não significa estar focado. Há aplicativos que mostram, por exemplo, quanto tempo você gastou olhando o celular, assistindo vídeos no horário de trabalho, etc. Isso pode trazer uma nova perspectiva do que pode ser melhor organizado para aumentar o seu foco.
  1. Muitas ideias, pouca mão na massa: ter novas ideias, pensar em soluções diferenciadas e sair da caixinha é ótimo! Aliás, é um dos aspectos mais valorizados em equipes bem-sucedidas. Contudo, vale lembrar que é preciso, igualmente, ser um fazedor. Se não tiver ninguém na sua equipe responsável por completar e aplicar suas ideias, tenha cuidado para que elas não se tornem uma distração.
  1. Confiar apenas na sua memória: não ter uma forma de se organizar e deixar registrado quais são suas prioridades pode acabar em problemas. Confiar apenas na memória pode gerar uma bagunça na ordem das tarefas e desfocar completamente. Tenha claro (e registrado) o que é realmente prioridade.
  1. Redes sociais: as redes sociais podem estar entre os maiores vilões contra o foco em um mundo conectado como é visto hoje. É tão sério que o medo de ficar sem celular, por exemplo, criou uma nova fobia. E isso se deve em muito pela necessidade criada de acessar redes sociais. Pensando na questão do foco, ceder a estímulos como as redes sociais pode prejudicar bastante. É interessante ter um meio de controlar o tempo gasto com o celular e, principalmente, com as redes sociais. Técnicas como o Pomodoro podem também ajudar a manter o foco.
  1. Agir sem planejar: no dia a dia, é preciso muitas vezes apagar incêndios e isso pode acabar com o planejamento. No entanto, para lutar contra um dos maiores vilões contra o foco, é preciso saber o que é realmente importante. A questão é: quantas vezes por dia você envia e-mails sem saber se são aqueles que estrategicamente deveriam ser enviados? É preciso olhar para um quadro maior e não apenas agir.
  1. Fazer uma única pausa: está errado quem pensa que parar apenas para almoçar (ou somente uma vez no dia) vai aumentar o foco. Na verdade, uma pesquisa mostrou que trabalhar sem intervalos pode dificultar a concentração. Para combater um daqueles que são os maiores vilões contra o foco, a dica é fazer pausas curtas durante o dia.
  1. Dormir pouco: a falta de sono faz com que os processos de raciocínio diminuam e que a pessoa se torne menos alerta do que o normal e, com isso, a capacidade de concentração sofre perdas. E isso acontece mesmo que seja apenas uma noite mal dormida.

Identificou algum dos maiores vilões contra o foco em sua rotina? Comece a agir já! Compartilhe com quem também poderá se beneficiar do conteúdo.

Compartilhe esse conteúdo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Populares

Receba conteúdos e novidades!

Inscreva-se e receba conteúdo de todo o GAE

Instagram