3 conselhos para transformar relações positivamente
Grupo Atitude Emocional

Grupo Atitude Emocional

3 conselhos para transformar relações positivamente

Para transformar relações positivamente há alguns conselhos que podem ser seguidos. Entenda como funciona e qual o impacto em sua vida.

Quando se fala em transformar relações se está planejamento uma mudança que vai além do relacionamento conjugal. Embora, possa ser a primeira imagem formada, a da convivência entre um casal, o ser humano nutre durante sua vida uma série de diferentes tipos de relacionamentos, inclusive um relacionamento consigo mesmo. E, em todos os tipos de trocas que se tem com as demais pessoas, é preciso avaliar a conexão que se está criando e também se autoavaliar. Por exemplo, o amor, de forma ampla, é comumente confundido com dependência. Por isso, avaliar se você ama ou depende é um fator-chave para diagnosticar um problema emocional.

Transformar relações positivamente é, dessa forma, entender que não se pode controlar o comportamento alheio, mas que consegue-se ir além desse conceito de amor dependente e controlar como se responde aos outros. No relacionamento consigo mesmo, a ideia é identificar o que está obscurecendo a sua visão sobre si. Compreender como é essa visão do reflexo no espelho, se é positiva ou negativa, se há um excesso de críticas, é uma das formas de diagnosticar a autoestima. E, em questão de relacionamentos, a autoestima é uma parte essencial do que move a vida.

A conexão consigo mesmo e a construção de relacionamentos saudáveis é essencial para que a pessoa possa alcançar o que se estabelece como sonho. As relações e a saúde delas impactam no que se é colocado como meta. Se não há um equilíbrio sobre sua própria imagem e se as pessoas que o acompanham na jornada não forem agregadores e parceiros, há um baque na saúde emocional e, por consequência, a criação de obstáculos no caminho do sucesso, seja profissional ou pessoal. Para garantir que exista um núcleo positivo ao seu redor, saber como é a sua forma de se relacionar é muito importante.

Kit de Autoconhecimento Grátis

No psicodrama, a forma que cada um tem de se relacionar é chamada de lógica afetiva de conduta. Todos possuem a sua e ela nem sempre é a mesma com todos os relacionamentos, pode variar quando é com o pai e a mãe ou com o líder, por exemplo. Mas, ainda assim, há uma que serve de norte. A lógica afetiva de conduta é construída por meio do somatório de vivências, crenças e valores. Se existir um desacordo com aquilo que se quer como objetivo e surgirem conflitos é hora de mudá-la e de transformar relações. Isso significa repensar como se está relacionando com o outro e buscar relações mais saudáveis. Lembrando que não se trata apenas da área conjugal, mas entre pais e filhos, irmãos, líder e liderados, entre outros.

Para as pessoas que querem desenvolver e transformar relações, a jornada pode começar pelo autoconhecimento. Trazendo novamente o psicodrama, há três fases de desenvolvimento mapeadas: a identidade do eu, o reconhecimento do eu e o reconhecimento do tu. É possível averiguar em quais delas há aquela espécie de trava que impede a fluidez das relações e entender quais são verdadeiramente os seus sonhos, quereres e objetivos, sem contar a influência do outro. Também consegue-se analisar se o que está sendo feito por uma pessoa está esbarrando em alguém e em quais pontos há essa obstrução.

Por fim, transformar relações permite reconhecer que as demais pessoas são diferentes de você e, a partir disso, treinar a inversão de papel. Quando se incorpora isso como um movimento natural, as motivações alheias ficam mais claras e essa compreensão é a base para a resolução de conflitos. Constatar o que o outro quer e o que você quer pode levar aos consensos em busca da melhoria em comum. Na sequência, separamos 3 conselhos que irão dar início a todo esse processo.

Os 3 passos para transformar relações

Transformar relações positivamente envolve a busca por conhecimento de si, dos outros e do mundo. É um processo que traz melhorias significativas e impulsiona as pessoas na busca por seus sonhos. Por isso, separamos 3 dos passos necessários para fazer essa revolução nos seus relacionamentos.

  1. 3 conselhos para transformar relações positivamenteAutoconhecimento. É o primeiro passo para transformar relações, avaliar e analisar seus sonhos, desejos e objetivos. Com isso, torna-se possível entender os impactos neles.
  1. Trabalhar a autoestima. O relacionamento não diz respeito somente ao que é externo, mas começa internamente, consigo mesmo. Por esse motivo, trabalhar a autoestima é uma das formas de autoconhecimento. Com isso, você irá saber mais sobre o que é capaz e quais são seus limites, o que é positivo ou negativo em suas ações, entender como as situações o afetam e como lidar com elas, desenvolver autoconfiança e amor próprio.
  1. Inversão de papéis. Os conflitos nos relacionamentos e as transformações positivas nas conexões criadas ao longo da vida se dão naturalmente quando há uma inversão de papéis. Isso significa entender o que move o outro, o que impulsiona suas atitudes.

Quer saber mais sobre como transformar relações e dar início ao processo? Clique aqui e saiba mais sobre o Coaching de Relacionamento! Além disso, vale a pena conferir o trabalho de Psicoterapia aqui.

Compartilhe esse conteúdo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Populares

Receba conteúdos e novidades!

Inscreva-se e receba conteúdo de todo o GAE

Instagram